Site Loja Virtual Textos Buscar textos Projetos Links Imagens Livro de visitas Indique o site
| Entrar

PESQUISA

SITE SEGURO

Compre pelo PagSeguro

NOVOS LINKS

USUÁRIOS ONLINE

1 visitantes online (1 na seção: Artigos)

Usuários: 0
Visitantes: 1

mais...

VISITAS

Bem vindo
Visitante

Já existem:



Visitantes deste site
Artigos > História da Educação, da Educação Física e do Esporte > História da Educação Física > RIBEIRO, Denise Maria da Silva; LUCIO, Mariana Rocha; SCHNEIDER, Omar; ASSUNÇÃO, Wallace Rocha; POLEZE, Grasiela Martins Lopes; WILL, Thiago Ferraz. Colégio Estadual do Espírito Santo: relatos da educação física e do esporte em seu arquivo institucional (1943-1957)In: XVIII Congresso Brasileiro de Ciência do Esporte e V Congresso Internacional de Ciências do Esporte, 2013, Brasília.

RIBEIRO, Denise Maria da Silva; LUCIO, Mariana Rocha; SCHNEIDER, Omar; ASSUNÇÃO, Wallace Rocha; POLEZE, Grasiela Martins Lopes; WILL, Thiago Ferraz. Colégio Estadual do Espírito Santo: relatos da educação física e do esporte em seu arquivo institucional (1943-1957)In: XVIII Congresso Brasileiro de Ciência do Esporte e V Congresso Internacional de Ciências do Esporte, 2013, Brasília.

COLÉGIO ESTADUAL DO ESPÍRITO SANTO: RELATOS DA EDUCAÇÃO FÍSICA E DO ESPORTE EM SEU ARQUIVO INSTITUCIONAL (1943-1957)
 

Denise Maria da Silva Ribeiro 1
Mariana Rocha Lucio2
Omar Schneider3
Wallace Rocha Assunção4
Grasiela Martins Lopes Poleze5
Thiago Ferraz Will6

 


PALAVRAS-CHAVE: História da Educação Física; Espírito Santo; Arquivo;


INTRODUÇÃO

O estudo busca analisar o arquivo institucional do Colégio Estadual do Espírito Santo, entre os anos de 1943 e 1957, para compreender as práticas de ensino da Educação Física e do esporte no interior da instituição.  Na análise,  utilizamos  os dados obtidos no arquivo escolar, que se constituem como fontes. São elas:  as  correspondências, ofícios, atas de admissão de funcionários e alunos, documentos da União Atlética Ginasial do Espírito Santo (Uages), uma agremiação esportiva fundada em 1934,  como resultado dos  esforços dos alunos do  Ginásio Espírito Santo, atual Colégio Estadual.

Com  base  nos  conceitos  de  representação  desenvolvidos  por  Chartier  (1991), buscamos  analisar  como  se  constituiu  a  história  e  a  memória  das  práticas  esportivas  no arquivo  institucional  da  escola,  pois  compreendemos  que  “Toda  reflexão  metodológica enraíza-se, com efeito, numa prática histórica particular, num espaço de trabalho específico. A análise das práticas  que,  diversamente, se apreendem dos bens simbólicos, produzindo assim usos e significações diferençadas” (PAES, 2004, p. 178).

O  arquivo  da  escola  é  fonte  importante  para  nosso  estudo.  Paes  (2004,  p.  20)  nos informa:

O arquivo é uma fonte de documentos que é construída  por uma  instituição, pública ou privada,  no decorrer da sua existência, com objetivo de registrar
fatos e acontecimentos de um determinado local.  A principal finalidade dos arquivos é servir à administração, constituindo-se, no decorrer do tempo, em
base de conhecimento da história.

Mais  que  servir  à  administração,  os  arquivos  servem  aos  historiadores  que  neles inferem  sobre  fatos  do  passado,  fazendo-os  falar  mesmo  contra  as  intenções  de  quem  os produziu (BLOCH, 2001).


Nas  escolas,  o  espaço  destinado  às  documentações  acumuladas  é  identificado  como “arquivo  morto”,  supondo ser sem utilidade,  porém essa é  uma denominação  inadequada  aos arquivos  permanentes.  Em  geral,  as  escolas  não  mantêm  registro  de  suas  atividades,  das experiências e dos resultados obtidos  e, na maioria das vezes,  quando existe algum material escrito,  ele  pouco  representa  o  que  passa  no  seu  cotidiano.  Se  houvesse  um  mínimo  de organização  na guarda  de cada documento e um pouco de limpeza,  isso  contribuiria para que ele não fosse destruído  pela ação do tempo,  o que  facilitaria o trabalho do pesquisador no  uso dessas fontes e contribuiria para o estudo da história.


OBJETIVO

Compreender  as  práticas  de  representações  da  Educação  Física  e  do  esporte  no Colégio Estadual, entre os anos 1943-1957, por meio de seu arquivo institucional.


METODOLOGIA

A  investigação  se  constitui  como    uma  pesquisa  histórica  que  utiliza,  como  corpus documental,  o  arquivo  institucional  do  Colégio  Estadual  do  Espírito  Santo,  documentos produzidos  na  instituição  e  que  guardam  a  memória  das  práticas  realizadas  no  processo  de escolarização da Educação  Física. Como forma de organizar a série documental e para delas extrair os indícios, sobre o sentido da Educação Física, buscamos fotografar os documentos  e submetê-los  ao  aporte  teórico  da  Nova  História  Cultural,  com  base  nas  proposições  de Chartier (1991) sobre as práticas de representação.


ANÁLISE E DISCUSSÃO

Entre  as  décadas  de  1940  e  1950,  o  Colégio  Estadual  pretendia  se  equiparar  ao Colégio Pedro II, da cidade do Rio de  Janeiro, uma referência para  o  ensino  moderno. Para tanto,  buscava  oferecer  as  mesmas  disciplinas,  com  a  mesma  carga  horária  semanal  que aquele  colégio.  Por  não  possuir  espaço  destinado  às  aulas  de  Educação  Física,  a  forma encontrada para alcançar a mesma  representação  de modernidade  na  sociedade capixaba foi estabelecer  uma parceria  com  a Escola de Educação Física  do Espirito Santo.  Essa foi uma tática  empregada  pela  instituição  para  viabilizar  a  sua  equiparação  ao  Colégio  Pedro  II, prática que pode ser percebida por meio das pistas deixadas em seu arquivo.

No  arquivo  institucional,  foram  encontrados  boletins  de  frequência,  documentos  da Uages, exames de admissão e históricos escolares dos alunos, notas e advertências semestrais, telegramas e convites para  participação em campeonatos, ofícios  e documentos para a Escola de Educação Física do Espírito Santo, local de formação dos professores de Educação Física.  



CONCLUSÕES

Ao analisarmos os arquivos do Colégio,  percebemos o  status  que  a Educação Física possuía na instituição. Nos boletins de frequência  essa disciplina aparece  ministrada durante cinco  dias  na  semana,  portanto  ocupava  boa  parte  das  atividades  de  formação  dos  alunos. Desse modo, era significativa para o currículo proporcionado por uma instituição que buscava ser  moderna,  chamando  a  atenção  da  elite  capixaba,  tanto  pela  formação  intelectual proporcionada,  quanto  pela  preparação  física  que  intencionava  imprimir  em  seus  alunos.

Podemos inferir,  por meio dos documentos  do arquivo,  que ela  era  ministrada na Escola de Educação  Física do Espírito Santo em regime de prestação de serviços, conforme registrado nas comunicações entre essas duas instituições. Também podemos apreender que, apesar de sua  importância,  não  havia  no  Colégio  um  espaço  destinado  às  aulas  dessa  disciplina  nem professor  contratado  especificamente  para  ela.  Portanto,  era  necessário  transferir  para  a Escola  de  Educação  Física  a  responsabilidade  de  administrar  essas  aulas,  as  quais  naquele momento aconteciam no Estádio Governador Bley.


REFERÊNCIAS

BLOCH M.  Apologia da história: ou o ofício do historiador.    Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 2001.
CHARTIER,  R.  O  mundo  como  representação.  Estudos  Avançados,  n.  11,  p.115-127. jan./abr. 1991.
PAES M. L. Arquivo teoria e prática. Rio de Janeiro: Fundação Getulio Vargas, 2004.

FONTE DE FINANCIAMENTO
Fundação de Amparo à Pesquisa do Espírito Santo (Fapes) e  pelo  Conselho Nacional de  Desenvolvimento  Científico  e  Tecnológico  (CNPq),  Edital  CNPq/FAPES  02/2011,
Programa  Primeiros  Projetos,  Processo  nº  53661524;  Edital  Apoio  a  Projetos  de  Pesquisa CNPq/CAPES 07/2011, Processo nº 401329/2011-9.



1 Graduanda em Educação Física – Licenciatura (Ufes) – denise_denise_ribeiro@hotmail.com
2 Graduanda em Educação Física – Licenciatura (Ufes) – mariana.rlucio@hotmail.com
3Doutor em Educação (Ufes) – omarvix@gmail.com
4Mestre em Educação Física (Ufes) – wallra@hotmail.com
5Mestranda em Educação Física (Ufes) – grasielapoleze@bol.com.br
6Graduando em Educação Física (Ufes) – thiago-will@hotmail.com

Instituto de Pesquisa em Educação e Educação Física (PROTEORIA), http://www.proteoria.org
  Ver este arquivo em formato PDF Impimir arquivo

Navegue pelos artigos
Prévia do artigo RIBEIRO, Denise Maria da Silva; LUCIO, Mariana Rocha; SCHNEIDER, Omar; ASSUNÇÃO, Wallace Rocha. Colégio Estadual do Espírito Santo: práticas de ensino de educação física e do esporte em seu arquivo institucional (1943-1957) In: XVIII Congresso Brasileiro de Ciência do Esporte e V Congresso Internacional de Ciências do Esporte, 2013, Brasília. WILL, Thiago Ferraz; SCHNEIDER, Omar; ASSUNÇÃO, Wallace Rocha; RIBEIRO, Denise Maria da Silva; LUCIO, Mariana Rocha; POLEZE, Grasiela Martins Lopes. o ensino da história da educação física: uma análise dos anais dos congressos de educação física, esporte e lazer. In: XVIII Congresso Brasileiro de Ciência do Esporte e V Congresso Internacional de Ciências do Esporte, 2013, Brasília. Próximo artigo
avaliação 2.68/5
avaliação: 2.7/5 (160 votos)

Usuário:

Senha:

Lembrar-se



Esqueceu a senha?

Cadastre-se agora.

CONTRIBUIÇÕES

NOVOS ARTIGOS

ELLER, Marcelo Laquini. A olimpíada escolar e a escolarização da educação física no Espírito Santo: 1946-1954 In: Anais do X Congresso Luso Brasileiro de História da Educação, Curitiba, 2014
Marcelo Laquini Eller
WILL, Thiago ferraz; SCHNEIDER, Omar; ASSUNÇÃO, Wallace Rocha. Arquivos da Escola de Educação Física do Espírito Santo: o Ensino da História da Educação Física entre as Décadas de 1930 e 1960 In: Anais do X Congresso Luso Brasileiro de História da Educação, Curitiba, 2014
Thiago Ferraz Will
BRUSCHI, Marcela; SCHNEIDER, Omar; ASSUNÇÃO, Wallace Rocha. Professoras e autoras: circulação, apropriação e produção de saberes sobre a educação física no Espírito Santo (1931-1936) In: Anais do X Congresso Luso Brasileiro de História da Educação, Curitiba, 2014
Marcela Bruschi
WILL, Thiago Ferraz; SCHNEIDER, Omar; ASSUNÇÃO, Wallace Rocha; RIBEIRO, Denise Maria da Silva; LUCIO, Mariana Rocha; POLEZE, Grasiela Martins Lopes. o ensino da história da educação física: uma análise dos anais dos congressos de educação física, esporte e lazer. In: XVIII Congresso Brasileiro de Ciência do Esporte e V Congresso Internacional de Ciências do Esporte, 2013, Brasília.
Thiago Ferraz Will
ELLER, Marcelo Laquini; SCHNEIDER, Omar; SANTOS, Wagner dos. Revista Brasileira de Educação Física e Desportos: Impresso pedagógico e prescrições esportivas para a educação física (1968-1984). In: XVIII Congresso Brasileiro de Ciência do Esporte e V Congresso Internacional de Ciências do Esporte, 2013, Brasília.
admin
RIBEIRO, Denise Maria da Silva; LUCIO, Mariana Rocha; SCHNEIDER, Omar; ASSUNÇÃO, Wallace Rocha; POLEZE, Grasiela Martins Lopes; WILL, Thiago Ferraz. Colégio Estadual do Espírito Santo: relatos da educação física e do esporte em seu arquivo institucional (1943-1957)In: XVIII Congresso Brasileiro de Ciência do Esporte e V Congresso Internacional de Ciências do Esporte, 2013, Brasília.
admin
RIBEIRO, Denise Maria da Silva; LUCIO, Mariana Rocha; SCHNEIDER, Omar; ASSUNÇÃO, Wallace Rocha. Colégio Estadual do Espírito Santo: práticas de ensino de educação física e do esporte em seu arquivo institucional (1943-1957) In: XVIII Congresso Brasileiro de Ciência do Esporte e V Congresso Internacional de Ciências do Esporte, 2013, Brasília.
admin
BRUSCHI, Marcela ; SCHNEIDER, Omar ; SANTOS, Wagner dos; ASSUNÇÃO, Wallace Rocha. Presença feminina na escolarização da educação física no Espírito Santo (1931-1937). In: XVIII Congresso Brasileiro de Ciência do Esporte e V Congresso Internacional de Ciências do Esporte, 2013, Brasília.
Marcela Bruschi
SCHNEIDER, Omar; Bruschi, Marcela. A Revista de Educação e a escolarização da educação física no Espírito Santo: autores, atores e editores (1934-1937) In: VII Congresso Brasileiro de História da Educação, 2013, Cuiabá. Circuitos e fronteiras da história da educação no Brasil. 2013. 1 CD-ROM ISSN:2236-1855
Marcela Bruschi
SCHNEIDER, Omar; BRUSCHI, Marcela; SANTOS, Wagner dos; FERREIRA NETO, Amarílio. A Revista de Educação no governo João Punaro Bley e a escolarização da Educação Física no Espírito Santo (1934-1937). Revista brasileira de história da educação, Campinas, v. 13, n. 1 (31), p. 43-68, jan/abr 2013
Marcela Bruschi